Estatutos n.º 7/2017 de 8 de maio de 2017

Data de publicação08 Maio 2017
Número da edição83
ÓrgãoEmpresas/Associações/Fundações/Casas do Povo
SeçãoSérie 2
II SÉRIE Nº 83 SEGUNDA-FEIRA, 8 DE MAIO DE 2017
PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DOS AÇORES GABINETE DE EDIÇÃO DO JORNAL OFICIAL HTTP://JO.AZORES.GOV.PT GEJO@AZORES.GOV.PT
Empresas/Associações/Fundações/Casas do Povo
Estatutos n.º 7/2017 de 8 de maio de 2017
CAPÍTULO I
Parte geral
Artigo 1.º
Natureza e sede
1 - O Clube de Ténis da Ilha Terceira, adiante CTIT, é uma pessoa coletiva de direito privado, de
natureza associativa sem fins lucrativo, com sede no Caminho do Castelo, Relvão, 9700, Angra do
Heroísmo.
2 - O CTIT compõe-se da universalidade de bens móveis e imóveis que constituem o seu património.
Artigo 2.º
Missão e objetivos
1 – O CTIT tem por missão promover a inclusão pessoal e social dos jovens e da comunidade em
geral no desporto.
2 – O CTIT prossegue os seguintes objetivos:
a) Incrementar o movimento Juvenil dentro da Comunidade Açoriana;
b) Cooperar com as diferentes instituições educativas, desportivas, visando o desenvolvimento dos
jovens e comunidade em geral;
c) Fomentar, com colaboração de organismos públicos e privados nas diversas áreas ou temáticas
que prejudicam a saúde (exemplo luta contra droga tabagismo, etc.)
d) Criar bases necessárias para o impulso de uma associação juvenil e desportiva, incrementando o
desporto junto do voluntariado e vinculando-o à solidariedade;
e) Fomentar os seus sócios e a juventude em geral a participação em atividades desportivas,
socioeducativas e socioculturais;
f) Envolver e incrementar o desporto junto da educação ambiental e defesa do património histórico da
comunidade Açoriana;
g) Promover a promoção da igualdade de género, sustentabilidade ambiental, direitos humanos, entre
outras áreas que se afirmam de interesse relevante para o desenvolvimento integral do indivíduo através
do desporto;
h) Promover a inclusão social (minorias étnicas, população desfavorecida, entre outras)
i) Fomentar relações de cooperação entre associações e sectores culturais, recreativos, desportivos,
entre outros;
j) Promover atividades e gerir recursos que ofereçam alternativas às vivências dos jovens de da
comunidade em geral;
k) Promover hábitos e estilos de vida saudável, concretizando atividades que ocupem o tempo livre
dos jovens e comunidade no geral;

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO

VLEX uses login cookies to provide you with a better browsing experience. If you click on 'Accept' or continue browsing this site we consider that you accept our cookie policy. ACCEPT