vigilancia privada

5417 resultados para vigilancia privada

  • Classificação vLex
  • Anúncio de procedimento n.º 5426/2018

    ... do contrato: Aquisição de serviços de segurança e vigilância privada para o MunicípioDescrição sucinta do objeto do contrato: Aquisição de ...

  • Anúncio de procedimento n.º 2663/2017

    ... - Prestação de Serviços de Vigilância e de Segurança Privada em certas instalações geridas pela Junta de Freguesia Descrição ...

  • Anúncio de procedimento n.º 8999/2018

    ... do contrato: Aquisição de serviços de vigilância e segurança privada, rondas, para 365 dias, 24 horas /dia, das instalações do Centro de ...

  • Anúncio de procedimento n.º 8039/2018

    ... do contrato: Aquisição de serviços de vigilância e segurança privada, rondas, para 365 dias, 24 horas /dia, das instalações do Centro de ...

  • Anúncio de procedimento n.º 10104/2018

    ... contrato: 18CC05CLPQ001 - Aquisição de serviços de segurança privada, vigilância, receção e monitorização de alarmes e manutenção e ...

  • Anúncio de procedimento n.º 6363/2016

    ... do contrato: Aquisição de serviços de vigilância e segurança privada, rondas, para 365 dias, 24 horas /dia, das instalações do Centro de ...

  • Acórdão nº 54/14.2TTPDL.L1-4 de Tribunal da Relação de Lisboa, 13 de Maio de 2015

    I – Verificando-se que determinada entidade era a única cliente da empregadora em São Miguel, Açores, por força dum contrato de prestação de serviços de vigilância privada, e que o trabalhador foi contratado a termo incerto para satisfazer exclusivamente essa necessidade e unicamente enquanto a mesma se mantivesse, previsivelmente por 24 meses, o que efectivamente foi cumprido, ou seja, tendo o...

    ..., por 0 seu objecto social se enquadrar na actividade de segurança privada. Acrescenta que executou a actividade de vigilância privada nas ...

  • Anúncio de procedimento n.º 1214/2015 - Diário da República n.º 43/2015, Série II de 2015-03-03
  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...

  • Acórdão nº 357/13.3TTPDL.L1.S2 de Supremo Tribunal de Justiça, 19 de Dezembro de 2018

    I- Constitui despedimento a comunicação endereçada pela empregadora a cada um dos seus trabalhadores, que, na sequência da adjudicação da prestação de serviços de vigilância privada a outra empresa, os informa que o respectivo contrato de trabalho é automaticamente transmitido para a entidade que lhe irá suceder na referida prestação de serviços.   II- Estando decidido, com trânsito em julgado,

    ... e RR são titulares de alvarás para o exercício da vigilância privada conforme prevê o actual regime jurídico previsto na Lei 34/2013, de 16 ...